Caixa registradora swidnica

A portaria do Ministro da Fazenda, que entrou em vigor a partir de 1º de março de 2015, impõe aos responsáveis ​​pela prestação de serviços jurídicos a situação dos consumidores com a obrigação de utilizar as caixas registradoras. Essas trocas incluirão, além de advogados e consultores fiscais. No entanto, eles não estarão interessados ​​em notários. Geralmente, caixas registradoras são para proteger os clientes que normalmente não recebem a confirmação de receber os serviços. As caixas registradoras móveis são especialmente dedicadas a advogados e consultores fiscais.

A obrigação de realizar o registro fiscal, proposta pelo Ministério da Fazenda, abrangerá as profissões jurídica, médica, odontológica, cosmética, gastronômica e mecânica. O montante do rendimento anual já não conta. Sua situação será equiparada a outras profissões que esse objetivo havia introduzido na manutenção muito antes. Até aquela data, os advogados foram dissolvidos das necessidades de uso de caixas registradoras, uma vez que seus ganhos anuais não ultrapassavam 20.000 PLN.As mudanças colocadas em vigor são uma expressão que todos os advogados que prestam serviços à situação de indivíduos que não administram um negócio terão que ver consumidos em caixas registradoras, sem qualquer sentido no sistema de pagamento.Portanto, o legislador torna mais fácil para aqueles que estão apenas começando a energia na praça dos advogados. Se você começar a oferecer serviços jurídicos em 2015, os advogados serão liberados da obrigação de usar caixas registradoras por dois meses a partir do mês em que começarem a realizar serviços simples.O Ministério garante que os contribuintes que entram no registro enquanto mantêm caixas registradoras de nossos serviços, reembolsarão uma dose maior de seus custos de compra. Também inclui um resultado salutar na certeza do volume de negócios oferecido pelos advogados e na segurança do consumidor. Nos negócios, isso significa que, a partir de 1º de março de 2015, todos os clientes de um escritório de advocacia poderão ser obrigados a emitir um recibo que reconheça o fato de que eles tenham prestado serviços jurídicos.Quanto aos notários, eles não terão que se registrar na bilheteria, mas apenas no campo de atividades cobertas pela entrada do repositório A e P, se o limite de 20 mil receitas presumidas não for ultrapassado, ou se o pagamento for continuado em uma forma não monetária.